Grid Class – Apreender

Maurício Calazans

“Nós somos fanáticos por três coisas: gestão escolar, tecnologia de ponta e análise de dados."

Gestão eficiente de tempo é essencial para qualquer empresa. Para as instituições de ensino, a situação não é diferente. Quando Maurício Calazans começou a empreender, em 2009, ele se propôs a entender qual era um dos grandes problemas que as escolas enfrentam em relação à gestão. Foi então que ele e os sócios chegaram ao buraco negro que envolve a montagem de quadro de horários.

“Todo o começo de ano sai a grade de horários. Geralmente os alunos comemoram o dia da aula de Educação Física e lamentam a quantidade de aulas de Matemática. No entanto, o que os estudantes não sabem é que organizar este quadro é algo muito difícil, que demanda muito trabalho e um problema comum à maioria esmagadora das escolas. Pensando nisso desenvolvemos o Grid Class”, conta Maurício, um dos fundadores da empresa cadastrada na plataforma Apreender.

A solução que o Grid Class oferece é baseada em tecnologia de ponta, algoritmos matemáticos e muita inteligência artificial. A empresa optou por um modelo de negócio bastante comum na América do Norte, chamado Saas (Software as a Service, ou Software como Serviço, em tradução literal) que consiste basicamente em um aluguel: o sistema Grid Class não é da escola. O que a instituição de ensino compra é a licença do produto para ter o direito de usar a ferramenta. E, de acordo com Maurício, é por meio deste modelo de negócio que eles geram receita.

Mas o que, de fato, o Grid Class faz? Simples. Ele calcula a melhor combinação possível de horários e entrega um quadro pronto, otimizando o tempo dos gestores e trazendo economias financeiras para a escola de forma direta.

Por sinal, estes são os dois principais objetivos da empresa. “O primeiro é de, realmente, facilitar este trabalho de montagem de quadro de horários. Geralmente, o diretor leva cerca de um a dois meses para concluir essa tarefa. Com o Grid Class ele levaria no máximo três dias. O nosso segundo objetivo é trazer economia financeira para a escola isso porque o Grid Class diminui consideravelmente as janelas de espera de aula dos professores – que são, por lei, remuneradas pela instituição”, explica Maurício.

E se o sucesso já começa a bater à porta dos sócios do Grid Class, Maurício afirma que é pelo modo como eles comprovam que a solução realmente funciona. “Nós somos fanáticos por três coisas: gestão escolar, tecnologia de ponta e análise de dados. E é por meio destes dados que nós analisamos o impacto positivo da solução e comprovamos no mercado a eficiência do Grid Class. Este foi um aprendizado ao longo da jornada: uma boa pesquisa para ver se de fato a solução é eficaz é um modo de prospectar novos clientes”. O processo de analisar estes dados é bastante funcional: o Grid Class faz uma comparação de tempo e dinheiro que a escola gastava antes e depois de adotar a solução e, com isso, traça um paralelo de economia. Hoje, a empresa já atende diversas escolas em diferentes partes do Brasil, como o colégio Sidarta, em São Paulo, o tradicional Palas, no Rio de Janeiro e a rede de ensino Apogeu, com sua sede principal em Minas Gerais.

Apesar do Grid Class estar sempre em busca de ficar um passo à frente de seus concorrentes, os desafios ao longo desta caminhada são muitos. O primeiro – e que todo empreendedor é obrigado a superar- é o de, justamente, empreender no Brasil e em educação. A área, de acordo com empreendedores, é bastante fechada e alguns gestores ainda são avessos a novidades. Para o Grid Class, este é o principal desafio: romper a barreira do preconceito que as escolas possuem para inserir a tecnologia, inovação e adotar modelos de gestão mais modernos e participativos.

No entanto, a dificuldade não é motivo para frear a vontade de mudança da empresa. O Grid Class vem conseguindo derrubar, pouco a pouco, este muro mostrando as avaliações de impacto, trazendo conteúdos relevantes de como inovar é importante e fazendo com que os gestores entendam que, muitas vezes, os maiores beneficiados são eles próprios.