Consultores – Apreender

Eduardo Bontempo

"Consultoria pode ser um caminho, sim, se for um consultor alinhado com o seu negócio, que entende o seu negócio, que possa ajudar em algo tangível."

Um “quase-mantra” no mundo do empreendedorismo é que o feedback é um presente que devemos receber, agradecer e refletir sobre o que foi dito. O papel dos consultores é exatamente de dar esses presentes para os empreendedores que os contratam.

Geralmente, os consultores são pessoas especialistas em determinada área e usam toda a experiência e rede de contatos para colaborar com a resolução dos desafios de empresas e empreendedores em determinados momentos ou em áreas específicas do negócio.

No entanto, Eduardo Bontempo, um dos fundadores da Geekie, alerta que “consultoria pode ser um caminho, sim, se for um consultor alinhado com o seu negócio, que entende o seu negócio, que possa ajudar em algo tangível. Se for um consultor que quiser trazer uma receita de bolo pronta, de outro lugar, que não quer entender da especificidade do seu negócio, que não quer gastar tempo ‘sujando a mão de graxa’ e que não está 100% no negócio, minha experiência diz que não funciona”, resume.

Para a consultora Adriana Martinelli, “o consultor precisa ajudar o empreendedor a fazer um processo empático não só com o seu usuário, mas com os atores do ecossistema. Ele precisa fazer, praticamente, que o empreendedor se empodere”.