Entenda o contexto – Apreender

Endhe Elias

“Ao conversar com professores de Alagoas, identificamos que a Prova Brasil era um dos maiores problemas para os estudantes e professores.”

Será que uma plataforma de apoio para estudantes que prestarão o ENEM realmente colabora com a melhoria da educação de municípios do interior do Alagoas? Esse é, de fato, o maior problema dessas redes de ensino ou existe alguma outra preocupação maior?

Endhe Elias se fez essas perguntas quando a plataforma MeuTutor foi lançada. Inicialmente, ele oferecia uma ferramenta exclusiva de apoio ao ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) para secretarias de educação, mas percebeu uma demanda por outras soluções. Hoje, é um exemplo de que a exploração do problema pode trazer insights importantes para o rumo certo dos empreendimentos. “Ao conversar com professores de Alagoas, identificamos que a Prova Brasil era um dos maiores problemas para os estudantes e professores”, conta Elias, que já vendeu a solução para algumas redes municipais do Estado.

Esse é o momento de ir mais a fundo na oportunidade encontrada/imaginada. O problema é, de fato, relevante e significativo para aquele público-alvo ou é um desafio vivido por apenas poucas pessoas? A fase de exploração é exatamente a hora em que são realizadas pesquisas para entender melhor o cenário da possível oportunidade e também um momento importante de autoconhecimento do empreendedor.

Além de conversar com pessoas que podem clarear os caminhos para o desenvolvimento da solução de um determinado problema, o empreendedor também pode aproveitar pesquisas já realizadas por outras instituições. O Estudo de oportunidades no setor de educação para negócios focados na população de baixa renda, por exemplo, indica as áreas mais promissoras para novos negócios. A pesquisa também constrói um panorama do cenário, levantando diversos dados como as fontes de investimento, os atores do mercado e o detalhamento das áreas com maior potencial de atuação.

Identificar qual a motivação do empreendedor para entrar nessa jornada de criar um negócio em educação é fundamental, segundo a pesquisa Empreendedores de impacto: as dores e as delícias de inovar em educação. Por outro lado, realizar pesquisas para conhecer melhor o mercado e os atores do campo onde se pretende entrar, como Elias fez, também é muito importante.

PARA FAZER MAIS

Aprofunde sua etapa de descoberta com o material de Design Thinking para Educadores.

Conheça mais a Jornada do Empreendedor de Impacto para conferir todas as etapas do processo de exploração do problema e os passos seguintes.

Leia o relatório da ANDE Education For The 22nd Century: How Entrepreneurs Can Help Bridge The Education To Employment Divide