Dicas de interação com escolas – Apreender

Dicas de interação com escolas

Neste guia você, empreendedor, vai encontrar dicas e orientações para validar o problema que sua solução pretende endereçar, validar o seu produto e pensar na implementação do seu piloto. As recomendações consideram o ambiente e os atores da escola.

*Este material foi criado com base em encontros e conversas com empreendedores, educadores e especialistas, além de consultas a materiais de referência.

1. Validação do problema

Nesta etapa, ouvir é fundamental. É preciso investigar profundamente se aquilo que você imagina como solução atende de fato a uma demanda real. Aqui você encontra dicas e orientações para antes da escuta, durante a escuta e ferramentas de apoio para o final deste processo.

“A validação do problema é uma etapa super importante na construção de uma startup, pois permite entender a forma como as pessoas que pretendemos ter como futuros clientes enxergam aquela situação e, inclusive, se é possível e viável solucioná-la.”

- Fabiany Lima, CEO da Startup Timokids

Orientações para validação de problema

Download

2. Validação de solução

Você já tem certeza que identificou um problema enfrentado por educadores. Agora é hora de avançar para a fase de validação do seu produto, que pretende resolver esse problema. Aqui você encontra dicas e novas perguntas sobre pesquisa de mercado, usabilidade, feedbacks e se a sua solução está realmente levando em consideração tudo aquilo que diz respeito ao usuário final.

“Especialistas de Harvard e Stanford dizem que empreendedorismo só se aprende no campo, só se aprende falando com as pessoas. Esse falar com as pessoas é testar. O primeiro passo é sair do casulo e ouvir o maior número de pessoas possível sobre o seu projeto.”

- João Borges, idealizador da Dreamshaper.

Orientações para validação de solução

Download

3. Piloto

Nesta fase, pressupõe-se que a solução já passou pelas etapas anteriores (validação de problema e produto) e que, portanto, apresenta alto padrão de qualidade. É essencial considerar que, nesse momento, a solução será apresentada a alunos em sala de aula e será parte da experiência de aprendizagem dos mesmos, ou será usada por professores e diretores para apoiá-los nas suas práticas diárias.

Aqui você encontra orientações para antes de começar o piloto e dicas para durante e ao final da prototipagem. Um roteiro orientador para piloto em escolas também está disponível.”

“Fiz a primeira versão e mobilizei alunos de diferentes faixas etárias para usar meu produto. Com os feedbacks, aperfeiçoei a solução. Com isso, ajudamos alguns alunos a passarem em primeiro lugar no Curso de Direito e vários outros foram aprovados em Medicina.”

- Endhe Elias, fundador do Meu Tutor.

Orientações para piloto

Download

Roteiro orientador para negociação de pilotos com escolas

Download

Antes de abordar as escolas:

  • Pesquise motivações e riscos que envolvem a equipe (professores, coordenadores e diretores). Entenda que tipo de resultados eles buscam.

  • Identifique a relação entre o usuário ou influenciador X o tomador de decisão. Quem precisa ver valor nas soluções e em que termos?

  • Cada diretor (?) é responsável por decidir quais recursos devem ser adotados para endereçar melhor as necessidades dos alunos. Visite o site da escola, converse com os educadores sobre a visão da unidade escolar e suas prioridades.

  • No caso de soluções tecnológicas, identifique sistemas que já são utilizados pela escola e aos quais sua solução poderia ser integrada.